5 de junho de 2011

Atravesse !

Autora: Danny Soares
Eu achava que havia um caminho intransitável por onde eu não poderia nunca percorrer, eu estava parada na linha de partida e não saberia como chegar ao outro lado . A ponte balançava e eu temia muito cair , de perder o controle e acabar em um longo abismo .Mas eu precisava me arriscar, porque eu sabia, que se eu passasse, por tudo aquilo, descobriria algo novo, um 'eu' novo, e algo que mudaria minha vida por completo .
Era um inverno diferente dos outros, os flocos de neve ainda eram os mesmo, transparentes e cristalinos, que me faziam fixar os olhos sobre eles, e esperar que tocassem o chão . Mas havia algo diferente em mim, dúvidas, incertezas, coisas que me prendiam no passado, ou melhor, que não me faziam andar para frente .
A cada olhar que eu dava para o outro lado, me fazia recuar, o desconhecido me dava medo, e o que mais me amedrontava era o fato de lagar tudo e simplesmente opitar, e conseqüentemente mudar ! Ter que tomar decisões dói ,mas são necessárias, e por mais que eu soubesse de tudo isso, esperava por uma solução que não me custasse tanto .
Você já teve que se decidir entre um amor ? seja lá por quais circunstâncias forem suas decisões, ter que optar por arriscar tudo e esquecer tudo e seguir em frente é sem dúvidas algo cruel .Meus pensamentos oscilavam entre todas as possibilidades possíveis, eu sabia que tudo aquilo me me machucava mais que tudo, mais o amor que eu tinha e os poucos momentos de felicidade que senti eram intensos em mim, mesmo assim algo me dizia que eu era a unica a sentir tudo isso, que algo me esperava ao outro lado, que eu deveria dar o primeiro passo para uma longa caminhada .
E naquele inverno a meia tantas tempestades de neve em minha vida, eu deveria colocar tudo em uma grande balança, coisas boas e ruins, e muitas coisas surgiam em minha mente .
Haviam duas possíveis causas, eu me arriscar ao amor, um amor não tão certo, um amor não tão correspondido, ou simplesmente esquecer, mas, e se não conseguir esquecer ? e se ele viver para sempre   em mim ?  passaria a vida toda me lamentando por ter perdido tudo ? Essa é a hora, a largada já foi dada, tenho apenas uma escolha, fico aqui na largada esperando-o ou sigo em frente e chego ao outro lado ? A ponte balança, e se eu cair ? se eu não conseguir me conter ? e se eu fazer  a escolha errada ? 
Não é hora para dúvidas, eu já comecei a andar, estou seguindo em frente, eu choro, minhas pernas estão tremendo, as lembranças estão sendo dissolvidas ... estou no meio da ponte, ela é longa, o fim parece não chegar; Mas agora já é tarde, e se eu olhar para traz e te ver lá ? Você pode ter ido me buscar, meu coração vai bater eu sei, mais agora já é tarde demais, eu já superei meus medos, eu já atravessei , e não quero ter que passar por tudo de novo . Não vou voltar !





0 comentários:

Postar um comentário

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | free samples without surveys