13 de abril de 2011

O amor não é egoísta .

Autora: Danny soares

Eu realmente estava decepcionado comigo mesmo, não poderia entender como as coisas chegaram a esse ponto, eu fui fraco, um bobo, e meu maior erro com certeza foi ter deixado que me colocassem uma venda nos olhos .
Toda grande desilusão começa com um grande amor, na verdade estou começando a pensar que a paixão possui duas caras, e sincera mente a culpa não é sua se não te fazem enxergar o lado ruim das coisas, mais sim dessa paixão , e só quem esta do outro lado pode contar e dizer o quanto você está enfeitiçado .
A paixão realmente não tem hora para acontecer, ela nos deixa louco,  nos amedronta e nos faz fazer coisas que jamais pensaríamos que fôssemos capazes de fazer . Assim foi .
Minha paixão se formou da forma mais pacata e sociável possível, em uma pequena igreja no interior, onde eu ia todas as noites para ver os cultos, tinha os momentos de alegria e encontrava a paz que precisava para seguir em frente , ali encontrei muitos dos meus amigos, e o melhor de todos, Kayque aquele em quem contava para tudo, e confiava todos meus segredos, mas  foi ali também, á meio tanta bondade que a encontrei . A encontrei sem que ela soubesse, ou notasse .
Apenas fazia questão de que ela soubesse o quão bom amigo eu poderia ser, e que eu era a sua altura, a altura do amor que eu sentia por ela . Não media esforços, nem conseqüências, também não me importava se ela só me via como amigo, estando perto dela era o que me fazia tão bem, o que me mantinha vivo a cada dia . Não me importava o quanto estava triste por dentro, ouvi-la dizer que estava feliz já era o bastante para nós dois .
Nos encontros que tínhamos, amigos e amores, eu a via de longe, apenas a olhava sem que ninguém nota-se, ou melhor sem que ela notasse ,  as pessoas comentavam do meu suposto amor por Rose, e diziam que estava estampado no meu olhar, mas a meio tantos jovens reunidos, o som de Zombaria era grande, então ela não levava a sério, e eu não fazia questão de contradize-los .
Mas do mesmo modo que a vi entrar pela porta da igreja, a vi saindo . Se distanciando do ser mais precioso, vivendo a vida como ela queria e como desejava, era uma adolescente como eu , mas uma adolescente com vontades, desejos que não eram supridos da porta para dentro, e ela buscava isso, da porta para fora. Para mim era só questão de tempo até que ela se conscientizasse de tudo que fazia, que aquilo não levaria a nada, e que seu maior guiador  a esperava ali , do lugar de onde ela nunca deveria ter saido !
Não era por mim que eu a queria de volta, era por ela mesma, a via fazendo coisas erradas, que me partiam o coração; me perguntava todas as vezes como alguém que me enchia os ouvidos com aqueles cantos maravilhosos, hoje já não mas o faz assim .
Ouvia dizer que não tinha tempo para tudo aquilo , e que estava cansada, que ela era jovem (...) ouvia todas aquelas palavras sem pestanejar , mas em um certo ponto da conversa , lhe fiz uma pergunta .
- O que poderia fazer para lhe trazer de volta ?  Todos sentem sua falta, e eu mais ainda .
Parei um segundo e a vi olhando para mim com seu rosto angelical que me fizera sonhar tantas noites . Vi o amor em seus olhos, o mesmo amor que encontrava nos meus, só torcia para que aquele olhar fosse para mim . Abri a boca novamente para dizer algo que a fizesse falar , mas antes que eu pudesse ela se pôs a contar .
Me disse o quanto estava apaixonada, e que olhava todas as vezes em segredo, mas que não tinha coragem de chegar até ele, disse que se afastou de tudo aquilo por não poder aguentar mais, e que voltaria pudesse ter o Kayque contigo .
O choque foi grande meu coração se negava a respeitar todos meu comandar, meu sangue ardia, eu queria chorar, eu queria correr, eu queria não ter perguntado, eu queria ter deixado tudo como estava, minha dor não poderia ser maior do que ou-vila dizer que gostava de outro! Estava enganado , ouvi-la dizer que gostava do meu melhor amigo era ainda pior .  Me veio mil e uma perguntas na cabeça . será que ele gosta dela ?  Será que ele sabe disso, ? Será que ja tiveram um caso, ?
Mas o ódio não tomou conta de mim , e não via meu amigo como alguém que me traira, ele não haveria ter tido culpa nisso tudo . Eu saberia o que fazer , e estava pronto para fazer isso desde o começo de tudo, desde quando me propus a conversar com ela e dar um rumo a sua vida, mesmo que isso custasse o meu .
Engoli meu égo, e tudo que sentia, me lembrei do quanto ficava feliz ao ve-la feliz, e torcia para que isso fosse o suficiente para me fazer aguentar .
Falei com Kayque, lhe contei  do amor de Rose por ele, e lhe pedi que namora-se com ela .
Rose e Kayque namoraram por alguns meses, enquanto isso sentia coisas que ninguém jamais ousara sentir, era um sentimento não de raiva ou rancor, mais sim de fracasso, na verdade seria difícil dizer tudo que sentia, cada dia era uma coisa nova, eu sabia que Kayque estava com Rose por devoção a mim e a meu pedido, e se não fosse por isso ela estaria só, e livre para que eu lutasse por ela, entretanto, eu não sabia se ela ficaria feliz comigo como estava com ele, o sorriso estava claro em seu rosto ,  mas eu ele já não me fazia suspirar como antes, apenas me questionar, se o que eu havia feito era certo, ou não . Deixei tudo como estava , e passei a aguentar tudo aquilo .
Mas um dia eles vieram a terminar, sem motivo aparente, sem que eu soubesse das causas, mas também não fazia questão de saber , nesse tempo vendo os dois, observando -os , aprendi a dar mais valor a mim mesmo, e não gostar mais tanto assim dela,  ela poderia contar sempre comigo,  mas como amigo,  como sempre fez .
Ela voltou a sua vida antiga, "buscando viver", como ela mesma diz ! E eu respeitei sua decisão, já havia intervido uma vez, e se esse era o caminho, que ela o siga , que eu seguiria o meu . e isso seria o melhor para nós dois .
Aquele não era o amor da vida dela, mas se talvez ela não tivesse tentado não poderia dizer isso com tanta convicção .

2 comentários:

-Magalha! disse...

Isso me lembra vc daniela não tem coragem de dizer o que sente !

Danny sooh . disse...

Não tenho coragem para dizer, mais deixo explicito de outra forma, são as pessoas que não conseguem interpretar .

Postar um comentário

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | free samples without surveys