23 de março de 2011

Senhor do tempo

Autora: Danny soares

O vendo que me rege,
A flor que cai ao chão
O tempo que não para,
A vida corriqueira . 

Ilusões passadas, 
Apenas passageiras,
Profundas, belas 
Ilusões que me rodeia .

Quantas horas jogadas ao vento
Tempo que se perde, 
que não volta 
permanece no passado
como forma de um vácuo .

Um dia dormia 
Sem ver as horas ao redor
sem ver o tempo passar
tempo que não se vê
se sente
tempo da sua mente .

Demorado são os segundos,
Rápido são as horas,
Apesar dos pesares,
tempo dado de presente
é tempo ganhado .

Quando não mais o tem
eis chegado sua hora,
um novo tempo recomeça (...)

0 comentários:

Postar um comentário

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | free samples without surveys