20 de janeiro de 2011

Reflexão

                          Autora : Nathy Martins


Hoje era pra ser um dia normal, mais a minha unútil vida o transformou em um dia triste, sólido e sem nenhum sentimento.
Fiz de tudo pra me enturmar , era a melhor aluna da escola, mais todos me detestavam e me viam como uma marionete que era só puxar a corda para obedecer. Sempre quis ser como eles , popular, mais a úinca coisa que conseguia ser era sonsa e fútil aos olhos deles.
Nesse dia me chamaram para fazer parte da vidinha deles e finalmente eu vi que estava conseguindo me enturmar, era o que sempre quis, mais para me nevolver com eles " os populares" tinha que passar por uma pequena prova de adimissão.
Tudo parecia fácil, mais quando recebi o que tinha que fazer meu mundo virou de ponta cabeça e ai começei a me questionar para ver se tudo isso valia a pena, se eu queria mesmo deixar a minha vida unútil por uma vida cheia de companhias.
Finalmente o momento chegou e ali preparada para fazer uma coisa que nunca  fiz não podia mais me arrepender, eram exatamente nove horas da noite quando peguei uma arma e entrei em uma joalheria para roubar porque essa era minha prova roubar.
Quando saquei a arma ja era tarde e dai pra frente tudo mudou. acordei em uma cama de hospital paraplégica e nunca mais consegui ter a vida que tinha de volta.
O que apenas era uma obceção se tornou a pior coisa da minha vida, agora além de ser uma garota que todos acham sonsa e fútil, sou simplestemente uma alejada que todaos olham com piedade.
Nunca deixe que os outros te digam o que você deve fazer, o recomeço deve vim de si mesmo e ser divulgado por você. A vida é o alvo de todos cabe a você tentar dispistar este alvo.

1 comentários:

Derland disse...

Muito legal seu blog e otimo, e muito criativo, se depois vocês quiser olhar o meu blog e dar a sua opnião eu ficarei muito grato: http://derlandreflexivo.blogspot.com/

Postar um comentário

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | free samples without surveys